Studio Retro

LOGOTIPOS

PROFISSIONAIS

ARTE DIGITAL

CRIATIVO

GERENCIAMENTO

DE REDES SOCIAIS

SITES E LOJAS

PARA NEGÓCIOS

CARDÁPIO

DIGITAL ONLINE

Tipografia: o que é? Como usar?

Como entender se estamos escolhendo uma tipografia que tenha impacto positivo e benefícios para sua marca?

Para isso, é bom entender sobre tipografia. A tipografia é uma ferramenta essencial de design gráfico e tem muita importância e construção de identidade visual. Isso é porque ela é capaz de representar, de maneira gráfica, os valores e posicionamento da empresa.

Além disso, despertar sentimentos e percepções do público. Por isso, uma tipografia mal utilizada é um grande tiro no pé e pode levar sua estratégia de marketing por água abaixo.

Então, vamos entender…

O que é tipografia?

Tipografia significa a impressão dos tipos, sendo que tipo é a fonte, ou a letra. Antigamente, usavam letras em moldes de ferro, por exemplo, para imprimir as palavras.

Com o processo, era natural que o papel acabasse com uma textura, algo como um relevo baixo, em função da batida da impressão.

O estudo dos tipos, é tipologia, uma necessidade que aumenta a cada dia, com a enorme variedade de fontes existentes e o quanto que isso influencia na percepção e identidade de uma marca.

Apesar disso, hoje em dia o termo tipografia é o mais comum, já que o processo de impressão não existe mais (ou não é muito utilizado). Tipo é como chamamos a fonte. Ou seja, o desenho de uma determinada fonte, que pode ser criada especialmente para uma ocasião.

Algumas marcas, como a Coca-Cola, por exemplo, tem uma fonte exclusiva, desenhada para sua marca. Quando uma tipografia é bem utilizada ela transmite uma ideia de mensagem não-verbal, sendo capaz de agregar conceitos que despertam sensações e valores.

Profissionais da área de design, comunicação e marketing têm a tipografia como uma de suas principais ferramentas de trabalho.

Qual a importância da Tipografia Moderna?

A indústria tipográfica é o primeiro passo de qualquer design gráfico e da comunicação impressa, como um todo. Por isso, conhecer e respeitar a história é muito importante para manter a alma gráfica viva.

Não conhecer o sistema tipográfico acaba sendo uma limitação à criatividade do designer. Com as novas tecnologias digitais, ficou ainda muito mais fácil para que o profissional crie sua própria tipografia e desenvolva seu alfabeto, criando layouts e marcas únicas, completamente alinhadas ao interesse e posicionamento da empresa.

Além disso, é possível alinhar processos de impressão atuais com o processo tipográfico, para baixas tiragens e buscando uma apresentação única, rica como uma gravura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá, posso ajudar?
Rolar para cima